Espetáculos/Shows, Notícias

Temporada 2019 da SPCD traz obras de coreógrafos estrangeiros que estreiam no Brasil

A segunda parte da Temporada 2019 da São Paulo Companhia de Dança (SPCD) será apresentada de 31/10 a 03/11 e de 07 a 10/11, no Teatro Sérgio Cardoso, em São Paulo, trazendo duas novas obras: Vai, do norte-americano Shamel Pitts, e Anthem, do espanhol Goyo Montero. Esta é a primeira vez que ambos os coreógrafos fazem criações para uma companhia brasileira.

Titulada Sem Fronteiras, a temporada traz programas distintos. A obra Vai, de Shamel Pitts traz um futuro pós-apocalíptico criado não pela necessidade ou destruição, mas pela capacidade humana de recomeçar, em uma jornada individual e coletiva baseada na euforia, excentricidade, descobrimento, encantamento e compartilhamento. Na mesma semana, acontecem as apresentações de Ngali…, obra premiada do brasileiro Jomar Mesquita que retrata diferentes relações amorosas que incluem um terceiro; e Odisseia, da francesa Joëlle Bouvier que também estreia na temporada do Teatro Sérgio Cardoso e traz uma estrutura dramática e poética que aborda temas ligados à questão dos migrantes: mudança, transição, partida e a esperança de uma vida melhor.

Bailarinos da SPCD na obra Anthem, de Goyo Montero. | Foto: Charles Lima.

Na outra semana, Anthem, de Goyo Montero, traz uma reflexão sobre o processo de construção e desconstrução de identidades coletivas, momentos que transformam canções em hinos e se convertem em algo com a qual nos identificamos. Além desta estreia na temporada de assinaturas, o repertório será formado por outras duas obras: Melhor Único Dia, criação premiada do brasileiro Henrique Rodovalho que procura traduzir, de alguma forma, a curta existência que se expressa através do movimento em grupo; e Supernova (2009), criação de Marco Goecke com remontagem de Giovanni Di Palma inspirada pelo fenômeno astronômico das supernovas, na qual contrastes como a morte e a vida, escuro e claro, estão ligadas pela energia de cada corpo.

“Esta temporada apresenta distintos olhares para a realidade que nos cerca, abordando questões sobre barreiras, acontecimentos, expansão de fronteiras e possibilidades do surgimento de mundos criados na confiança entre artistas que se disponham a expandir as fronteiras da nossa existência. São obras que falam de amores, chegadas e partidas e da busca da felicidade”, explica Inês Bogéa, diretora artística da Companhia.


O que: Temporada 2019 São Paulo Companhia de Dança
Quando: 31/10 a 03/11 | 07 a 10/11
Onde: Teatro Sérgio Cardoso
Rua Rui Barbosa, 153 | São Paulo-SP
Quanto: de R$ 40,00 a R$ 65,00 (inteira)
Informações: www.spcd.com.br

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *