Notícias, Universo da Dança

Profissionais avaliam o impacto do Mundial de Tango

Grandes nomes do tango nacional e argentino estiveram presentes nas quatro noites do Campeonato Mundial de Tango – Etapa Brasil, realizado em Curitiba, de 15 a 18 de julho. O evento contou com apresentações de dançarinos consagrados e de jovens revelações; shows musicais que trouxeram o tradicional, com o sexteto Ojos de Tango, e o atual, com o grupo Narcotango; além dos momentos de pista liberada para dança com a dançarina e DJ Sandra Ruthes no comando do som. Sem dúvida uma ótima oportunidade para divulgação do tango e confraternização dos profissionais.

Confira a avaliação geral do evento que alguns profissionais presentes fizeram à Dança em Pauta:

“O evento foi fantástico, sobretudo o nível dos participantes, pelo carinho que demonstram pelo tango. Agradeço aos brasileiros por valorizarem a cultura argentina. Achei o nível técnico muito bom, estão em crescimento e acredito que em muito pouco tempo vamos ter um campeão mundial brasileiro”.
Roberto Herrera, presidente do Júri


“Esta movimentação do tango foi super positiva. Não foi fácil escolher o campeão devido ao alto nível técnico dos competidores. Na verdade, todos são campeões porque cada um tem um estilo e é importante lembrar que isto é uma arte, então não tem o melhor, mas aquele que vai se adequar mais a competição em Buenos Aires. O campeonato conseguiu fazer um apanhado do que está rolando em Buenos Aires e aqui, chamando profissionais de vários estados, e esta integração é importante”.
Neuza Abbes, bailarina e coreógrafa que fez parte do júri

“Foi fantástico, acho que Curitiba já estava merecendo isso há muito tempo. Participo destes eventos há anos e o nível dos competidores estava super alto, os jurados tiveram bastante trabalho. A iniciativa foi muito boa e precisamos cada vez mais de trabalhos como este. O nível dos jurados também tem que ser destacado, pessoas competentes, com uma bagagem muito grande”.
Gracinha Araújo, coordenadora da pós-graduação em Dança de Salão da FAMEC

“Achei maravilhoso e espero poder participar ano que vem como competidor. A realização do evento foi o início de uma nova era no tango e espero que esta onda não pare, continue crescendo, para o Brasil poder mostrar o que tem de valor lá fora. Estou surpreso com o nível técnico dos competidores, pois sabia que tinha bons profissionais aqui, mas a maioria são dançarinos novos, que eu não conhecia. Estarei presente no mundial, torcendo muito e prestigiando os casais brasileiros vencedores”.
Rafael Martins, talento da nova geração de dançarinos que atualmente reside em Buenos Aires

Sivana Capra e Roberto Herrera, presidente do júri

>> CLIQUE AQUI PARA LER A REVISTA DANÇA EM PAUTA

Previous ArticleNext Article
Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de imprensa. Em 2010, lançou o site Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. Trabalhou em publicações segmentadas em Curitiba e São Paulo. Desde 2004, desenvolve trabalho de assessoria de comunicação para profissionais e empresas atuando no planejamento e execução de estratégias de comunicação interna e externa, produção de conteúdo, publicações corporativas e assessoria de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *