Ler, Ver e Ouvir, Livros

Pé de valsa: o reverso da moeda

aba_livro-pe-de-valsa

No que diz respeito a dança de salão, sabe aquelas coisas que muita gente pensa, mas poucos têm coragem de falar? A professora mineira Elaine Reis, não teve problemas em abordar alguns destes assuntos “tabus” em seu livro Pé de Valsa – O reverso da moeda. O livro é uma coletânea de seus artigos publicados no Jornal Falando de Dança, do Rio de Janeiro, e tem base em sua vivência de mais de 20 anos como empresária da dança de salão. Em textos curtos, com linguagem simples e objetiva, a autora opina sobre temas controversos tanto para os profissionais, quanto para os alunos e frequentadores de bailes de dança de salão.

Apesar de bastante focado no cenário de Belo Horizonte-MG, onde ela atua, as avaliações comportamentais que Elaine faz do meio podem ser aplicadas a dançarinos de qualquer região. Suas opiniões são polêmicas e incisivas, tanto em suas avaliações de professores e empresários como ela, quanto na dos alunos que buscam escolas de dança. Ela aborda questões corriqueiras da rotina em sala de aula e bailes sem a polidez característica de quem não quer se comprometer, indo direto nas questões que a maioria prefere fingir que não vê.

A organização de bailes, o trabalho dos personal dancers, contratantes e suas “permutas” por apresentações de dançarinos, os desafios internos na administração de uma escola de dança, são alguns dos temas em que ela procura revelar os sabores e dissabores do trabalho com a dança de salão.

Mas o comportamento de alunos e praticantes de dança em geral também não fica de fora de sua análise. Sobre as damas, ela comenta: “Para mim, as mulheres são responsáveis por noventa por cento dos casos de chá de cadeira”. Segundo ela, a mania das mulheres de saírem em “bando” é o início do problema, para o qual ela procura apresentar algumas soluções em “Dicas de como escapar do chá de cadeira”. Mas os cavalheiros também não escapam de sua crítica: “A energia do par está sendo substituída pela performance de um ser que ‘pavoneia’ e só quer aparecer, esquecendo-se da satisfação e do prazer de sua parceira. Fazendo uma metáfora, na verdade os cavalheiros estão tendo ejaculação precoce”. E para os iniciantes e os mais tímidos, ela apresenta “Dez dicas para homens sem borogodó”.

Sem dúvida, uma leitura agradável, mas nada superficial, cujo maior valor não é gerar consenso, mas sim despertar o pensamento e incitar o debate.

Sobre Elaine Reis
Natural de Belo Horizonte-MG, trabalha com dança há 25 anos. Coreografou vários espetáculos e realizou shows em fóruns e projetos empresariais. Fez participações especiais em shows de Erasmo Carlos, Nelson Gonçalves e Tânia Alves. Foi responsável pela formação da primeira turma de extensão do Curso de Pedagogia do Movimento para o Ensino da Dança de Belas Artes, da Universidade Federal de Minas Gerais. Desde 1991, é coproprietária da Academia de Dança e Arte Pé de Valsa, com duas unidades em Belo Horizonte, além de prestar assessoria a escolas de dança de salão do interior de Minas Gerais.

  • O que: livro “Pé de Valsa – O reverso da moeda”
    Quanto: R$20,00
    Informações e venda no email: falecom@academiapedevalsa.com.br
Postagem AnteriorPróxima Postagem

1 Comment

  1. Muito bons artigos. Espero que continuem colocando em discussão as questões referentes às danças de salão que, no Brasil, ainda carecem de maiores e mais aprofundados estudos. Um abraço e parabéns!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *