Ler, Ver e Ouvir, Livros

O que é Dança Contemporânea?

aba_livro-contemporanea_itau-cultural

Imagine-se tentando responder à pergunta “O que é dança contemporânea?” Foi o que a pesquisadora de dança e dramaturgista de processos de criação Thereza Rocha fez e transformou em livro, que foi lançado no dia 20 de agosto, dentro da programação do Encontro Internacional de Artes IC, em Salvador (BA) e segue para outras quatro regiões do país. A obra foi contemplada pelo Rumos Itaú Cultural, principal programa de fomento à cultura e às artes brasileiras do instituto, e comemora os 20 anos de atuação artística da autora na dança. A produção foi realizada pela Dimenti.

Depois da capital baiana, entre setembro e outubro a obra circula por Fortaleza, Belém, Curitiba, Cuiabá e Rio de Janeiro. A convite de Leonardo França, Thereza acompanha o projeto Estilhaços, nessas cidades, participando do Conversas Dançadas – uma imersão no universo da dança contemporânea – e lançando o livro em cada um desses eventos.

“O que é dança contemporânea?: uma aprendizagem e um livro de prazeres” é um volume de aprendizagem, mas que também fisga pelo prazer de sua exploração. O conteúdo segue em um fluxo livre de informações e hiperlinks os quais revelam a relação entre dança e pensamento, destacando a curiosidade que os mantém em permanente modificação.

Ao longo da leitura, QR Codes com hiperlinks levam o leitor a textos complementares, que podem ser atualizados.
Ao longo da leitura, QR Codes com hiperlinks levam o leitor a textos complementares na internet, que podem ser atualizados.

“A publicação torna operativo o próprio conceito de dança contemporânea, como se ele estivesse acontecendo ali, na frente do leitor enquanto ele lê”, afirma a autora. “É um pensamento em estado de composição”. Os temas, relacionados direta ou indiretamente à dança contemporânea, resultam em textos de diferentes tamanhos, compostos entre si de modo fragmentado. Funcionam como senhas, para que o pensamento apresentado no livro possa ser desdobrado, desenvolvido pelo leitor, implicando certa interatividade no próprio processo da leitura.

Este jogo é sugerido com os vários QR Codes dispostos ao longo da obra: quando fotografados pelo smartphone por meio de aplicativo gratuito, eles abrem para outros textos – também de autoria de Thereza –, disponíveis em uma plataforma digital, que podem ser atualizados, modificando o conceito de livros impressos como obras estáticas. Quem não quiser ou não puder acessar o conteúdo pelo celular, pode fazê-lo pelo computador, pois há um link master para isso.

O projeto gráfico é assinado pela TANTO, formada pelos artistas baianos Daniel Sabóia, Fábio Steque e Patricia Almeida, e conta com ilustrações de Clara Domingas. O design na obra aparece nas cores azul, magenta e roxo, utilizadas para criarem situações gráficas tanto nas imagens quanto nos textos, cujo desvelamento pede a utilização de uma lupa de acrílico vermelho, que acompanha o livro.

Imagens e textos revelados apenas ao olhar com a lupa vermelha.
Imagens e textos revelados apenas através da lupa vermelha.
Postagem AnteriorPróxima Postagem

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *