Notícias

Martha Graham Memórias

Após grande sucesso em Paris, onde se apresentou no Teatro de la Porte Saint Martin, chega ao Theatro Municipal do Rio de Janeiro, em única apresentação, o espetáculo ‘Martha Graham Memórias’. Numa criação inédita no Brasil, as companhias de dança Sociedade Masculina e Studio3, sob direção de José Possi Neto, apresentam esta obra que se inspira na trajetória da coreógrafa norte-americana Marta Graham – um dos mitos da história da dança moderna. Em cena, 19 bailarinos abordam o universo da artista a partir da infância, sua relação com a família, o aprendizado na dança, sua vida amorosa e, também, o reconhecimento mundial à sua produção artística.

A direção coreográfica de Anselmo Zolla optou por não reproduzir as coreografias originais de Graham, mas sim utilizá-las como referência para a concepção da dança. Aliada ao cenário de Jean-Pierre Tortil, a ação remete ao universo onírico da coreógrafa, representadas por meio de portas que ora reduzem, ora ampliam o espaço físico, com os bailarinos transitando entre uma “grande sala” e compartimentos menores. Releituras musicais de Felipe Venâncio moldam a trilha sonora, predominantemente clássica e contemporânea, com obras de Enzo Gragnaniello e Niccolò Paganini.

Ao retomar os trabalhos com teatro-dança, José Possi Neto propõe uma leitura aberta sobre vida e obra de Martha Graham. “Em cena, ela vai vivenciar uma convulsão de imagens e sensações-memórias em frações de segundo”, antecipa o diretor. Na sua concepção, o palco serve como uma espécie de locação para esta travessia, que a cada fase de sua existência é representada por diferentes bailarinas.

“Para Martha Graham, a dança revela a paisagem interior, a alma do homem. É um símbolo de realização da vida, pois o instrumento pelo qual a dança fala é o mesmo pelo qual a vida é vivida, o corpo humano”, complementa Possi.

No espetáculo, estes corpos dançantes estarão cobertos por quase uma centena de figurinos, assinados por Angélica Chaves. Eles representam a vida cotidiana e momentos lúdicos, traduzindo os contrastes de uma vida plena de amor à arte, à vida e, ao mesmo tempo, pontuada por desilusões. A estrutura dramatúrgica das “memórias” traz ainda outras simbologias cênicas, como o salto de um trampolim, o trânsito na estação de trem e alegorias circenses, baseadas na autobiografia da artista, Memória do Sangue.

Sobre Martha Graham
Nascida na Pensilvânia, EUA, revolucionou a história da dança moderna como dançarina e coreógrafa, criando mais de 180 trabalhos, ao longo da carreira. Em sua busca por uma forma de expressão mais livre e honesta, fundou a Martha Graham Dance Company, uma das mais conceituadas e antigas companhia de dança na América. Como professora, treinou e inspirou gerações de grandes bailarinos e coreógrafos. Graham deu à Dança Moderna um novo sentido e profundidade enquanto veículo de uma dança intensa e vigorosa que primava por exprimir os sentimentos mais primordiais do ser humano.

Fotos: Silvia Machado

  • O que: Espetáculo Martha Graham Memórias
    Quando: 03/04 às 21h (única apresentação)
    Onde: Theatro Municipal do Rio de Janeiro
    Onde: Praça Marechal Floriano, s/nº Centro – Rio de Janeiro-RJ
    Quanto: de R$ 25,00 a R$ 80,00
    Informações: (21) 4003-2330 | ingresso.com
Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *