Ler, Ver e Ouvir, Vídeos Indicados

“Futbol, tan nacional como nuestro tango”… Será??

Na Copa do Mundo de 2010, a empresa de produtos esportivos Topper lançou um comercial, feito exclusivamente para Argentina, em que um casal dança tango e brinca com uma bola de futebol em meio aos passos. O slogan da peça publicitária era: “Futebol, tão nacional como nosso tango”. Sem dúvida uma ideia muito criativa que resultou em um comercial muito bem feito.

Mas o que os “hermanos” não sabiam é que o dançarino que estrela o comercial dando os toques na bola é o paulista Rafael Martins, que desde 2009 mora em Buenos Aires com sua namorada e parceira Giulianna Davoli, com quem dá aulas de tango. No comercial ele conduz a dançarina argentina Dana Frígoli, diretora da DNI, Cia de dança em que trabalha.

“Teve uma repercussão muito legal, com 100 mil acessos no youtube em apenas dois dias”, contou Rafael ao portal Dança em Pauta. No Brasil, vários sites e blogs divulgaram o comercial enaltecendo a criatividade e o “jogo dos argentinos”. O site de notícias UOL deu destaque para o comercial em uma matéria em que a repórter comentou: “não dá pra negar que eles jogam muito bem futebol”. Ela também não sabia da “contribuição” verde-amarela nas cenas, mas alguns internautas logo enviaram seus comentários esclarecendo a nacionalidade do dançarino jogador.

Ok hermanos, o tango e a ideia do comercial é mérito de vocês, mas o dançarino e o futebol são nossos!!

Confira o vídeo!

Previous ArticleNext Article
Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de imprensa. Em 2010, lançou o site Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. Trabalhou em publicações segmentadas em Curitiba e São Paulo. Desde 2004, desenvolve trabalho de assessoria de comunicação para profissionais e empresas atuando no planejamento e execução de estratégias de comunicação interna e externa, produção de conteúdo, publicações corporativas e assessoria de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *