Eu danço

Forrozeando com o dançarino Fábio Reis

Ele é bicampeão nacional de forró (2007 e 2008) e já foi dançarino de algumas das principais bandas do gênero como Falamansa, Bicho de Pé, Trio Forrozão, Trio Nordestino, Ó do Forró e Trio Virgulino. Estamos falando do professor, dançarino, coreógrafo e DJ Fábio Reis. Há 10 anos envolvido com a dança, Fábio se especializou no forró, segundo ele, o ritmo que o escolheu. “Danço e ensino todos os ritmos, mas tenho um carinho especial pelo forró. É algo inexplicável, a música mexe comigo”, declara.

Filho de baianos, nascido em São Paulo, Fábio conta que cresceu ouvindo forró em casa e vendo o pai e as irmãs dançarem, mas não gostava do ritmo. “Eles sempre me puxavam pra dançar, mas eu não queria. Além disso, morria de vergonha”, lembra. Mas aos 16 anos uma namorada forrozeira acabou o levando para as aulas de dança em uma escola paulista, onde ele passou a ser bolsista e nunca mais abandonou a dança.

Fábio Reis e Marília Cervi
Fábio Reis e Marília Cervi

Atualmente, além do Brasil e de cruzeiros dançantes, já ministrou aulas em Portugal, Alemanha, República Tcheca, Índia e Argentina. Com a dançarina Sheila Mello ganhou um concurso de dança realizado no programa “Hoje Em Dia”, na TV Record, e com a atual parceira, Marília Cervi, chegou a semifinal da 3a edição do programa “Qual é o seu talento?”, do SBT.

Em sua escola na capital paulista e nos eventos em que se apresenta e atua como professor no Brasil e no exterior, Fábio procura trabalhar um estilo de dança que ele chama de “forró moderno”, uma fusão dos movimentos do forró eletrônico com os do forró pé de serra. “Estudei por cinco anos com o Ivan Ribeiro e o interessante é que ele fazia esta mistura de passos dos dois estilos. Depois quando fui pra Brasília descobri que tinha mais gente pesquisando o forró eletrônico e com movimentação diferente. Lá fiz aulas com o Jr. Brasília e outros. Misturei o aprendizado que tive e coloquei uma coisa minha”, explica.

E o dançarino tem tido êxito com seu estilo vibrante de dançar forró, que atrai alunos para suas aulas e conquista o público, que vai ao delírio com suas criativas apresentações ao lado da talentosa Marília Cervi.

Atuando também como DJ, Fábio comenta que percebe a despreocupação com a musicalidade nos dançarinos de forró, algo que faz toda a diferença, seja qual for o ritmo a ser dançado. “Sempre escutei muito forró por causa do meu pai e trabalhar como DJ me ajudou mais ainda. Conheço todas as músicas, sei aonde vai ter a parada. Isso me ajudou muito quando comecei a aprender as técnicas de dança”, relata.

10+-fabio-reis_dj
Fotos: Daniel Tortora/Dança em Pauta
Previous ArticleNext Article
Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de imprensa. Em 2010, lançou o site Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. Trabalhou em publicações segmentadas em Curitiba e São Paulo. Desde 2004, desenvolve trabalho de assessoria de comunicação para profissionais e empresas atuando no planejamento e execução de estratégias de comunicação interna e externa, produção de conteúdo, publicações corporativas e assessoria de imprensa.

1 Comment

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *