Em pauta, Mercado da dança

Dançando em alto-mar

aba_cruzeiros-dancantes

Se viajar a bordo de um transatlântico luxuoso, com inúmeras opções de lazer, relaxamento e diversão, por si só já é um grande atrativo, acrescentar a dança de salão ao leque de atividades em alto-mar vem mostrando ser uma combinação perfeita para um cruzeiro temático, uma vez que grandes companhias marítimas têm apostado nesta receita.

Entre uma parada e outra em belas cidades litorâneas, os passageiros que optam pelos temáticos dançantes têm a oportunidade de fazer aulas de variados gêneros de dança a dois e participar de bailes com a presença de personal dancers prontos a bailar com quem desejar uma “mãozinha” profissional no salão do navio. As atividades ofertadas agradam desde aqueles que nunca tiveram contato com a dança até os apaixonados pela prática.

Abrindo as opções de temáticos dançantes na temporada nacional 2013/2014 está o Dançando a Bordo, da Costa Cruzeiros, que parte de Santos para sua 11ª edição neste domingo (02/02/14). O roteiro de seis noites inclui paradas em Búzios, Salvador e Ilhabela, intercaladas com muita dança. A empresa, como nos outros anos, investiu no time de professores, trazendo além de profissionais famosos entre os apaixonados por danças de salão, dois nomes conhecidos do grande público, Carlinhos de Jesus e Jaime Arôxa.

Os tricampeões mundiais de salsa Rafael Barros e Carine Morais fazem parte do time de profissionais no Dançando a Bordo, da Costa Cruzeiros

Um dos termômetros do sucesso do Dançando a Bordo, segundo Francisco Ancona, idealizador dos cruzeiros temáticos e consultor de marketing da Costa Cruzeiros, é o fato de que, hoje, diversos grupos fazem reserva para a edição do ano seguinte antes mesmo de acontecer a edição do ano atual. “Criamos tendência e nos orgulhamos de continuar sendo a referência no setor. O segredo maior é escalar uma equipe de estrelas”, disse Ancona em entrevista à Dança em Pauta.

A Costa Cruzeiros realiza também este ano o 7º Tango & Milonga, cujo roteiro de 8 noites, como não poderia deixar de ser, parte de Santos em 08/03 para o berço do ritmo, Buenos Aires, passando ainda por Punta Del Este. Entre as atividades não só a dança, mas toda a cultura em torno do tango estará em destaque nesta edição, que será dedicada ao centenário de nascimento do compositor e maestro argentino, Anibal Troilo, considerado ao lado de Carlos Gardel e Astor Piazzola um dos três maiores autores de tango argentino.

Pioneira nos cruzeiros de dança no Brasil, em 10 anos a empresa já contabiliza cerca de 51 mil passageiros sul americanos transportados nos temáticos do gênero.
“Os cruzeiros de Dança de Salão são os projetos temáticos mais fortes que a empresa opera no Brasil. Desde 1995, temos equipes de dançarinos atuando com aulas e performances em nossos navios. Criamos uma cultura de dança de salão a bordo que é muito percebida e apreciada no mercado brasileiro”, comenta Francisco Ancona.

As aulas a bordo dos navios são concorridas pelos passageiros que podem optar por ritmos como samba, forró, salsa, bolero e tango.
Aulas em alto-mar ao ar livre são garantia de ótimos momentos nos cruzeiros

Atenta aos resultados da concorrência, a MSC Cruzeiros também apostou em levar a dança de salão para o alto-mar e, hoje, tem no Baila Comigo um de seus temáticos mais esperados da temporada brasileira. Este ano, o navio parte de Santos no dia 15/02 com paradas em Búzios, Salvador, Ilha Grande/Angra dos Reis e Ilhabela. Para a armadora o sucesso do Baila Comigo é a combinação de aprendizado, descontração e alto astral para hóspedes dos mais variados perfis.

Ainda nesta temporada, mais um cruzeiro dançante, o 3º Royal Dance, da Royal Caribbean parte do porto de Santos no dia 25/04, só que desta vez atravessando o oceano para terminar em Barcelona, na Espanha, em 09/05. Já em sua primeira edição o Royal Dance garantiu 100% de ocupação e o melhor índice de satisfação entre os temáticos da empresa na temporada.

.

Da TV para os palcos do navio!

Não são apenas as aulas e bailes que invadiram os navios de cruzeiros atualmente. O fascínio que as apresentações de dança de salão exercem nas pessoas também não passou despercebido pela Holland America Lines (HAL) que em 2013 fechou parceria com o famoso programa norte-americano Dancing with the Stars, transmitido desde 2005 pela rede ABC, para realizar o “Dancing with the Stars at Sea”. O programa tem um perfil semelhante ao nacional “Dança dos Famosos”, apresentado pelo Domingão do Faustão, da TV Globo, mas a proposta da competição nos navios é substituir as celebridades pelos passageiros presentes no cruzeiro que desejem participar ao lado de um professor.

Competição amadora levada a sério pelos passageiros dos cruzeiros da Holland America Lines

A competição foi realizada em todos os cruzeiros da armadora durante o ano de 2013 e cada um dos 15 navios teve seu campeão que foi convidado, junto com um acompanhante, a participar do Cruzeiro dos Campeões, uma viagem de 7 dias pelo Caribe onde aconteceu a grande final da disputa no último dia 12 de janeiro. Durante o cruzeiro, os passageiros puderem conferir apresentações, participar de bate-papos com dançarinos profissionais e seus parceiros famosos do hit televisivo, além de assistir um desfile de moda de figurinos de dança.

Campeões do 1º Dancing With The Stars at Sea, a passageira Allyse Ishino com o professor Raul Santiago

“Para muitos de nossos passageiros, às aulas de dança são o ponto alto das atividades a bordo do navio e o ‘Dancing with the Stars at Sea’ trouxe ainda mais empolgação para estas atividades. Todos os competidores entram de corpo e alma na disputa”, explica Richard Meadows, vice-presidente executivo da HAL.

Os resultados superaram as expectativas e a empresa anunciou ainda em 2013 a renovação do contrato com a ABC para a segunda edição do “Dancing with the Stars at Sea”, em 2014, que terá sua final no dia 6 de dezembro deste ano. A programação anual incluirá também seis cruzeiros temáticos “Dancing with the Stars”, com apresentações das estrelas do programa.

Ao que tudo indica, seja através de aulas, bailes ou competições glamourosas a dança de salão está garantindo seu espaço no mercado dos cruzeiros marítimos!

Fotos: divulgação Costa Cruzeiros, MSC Cruzeiros e Holland America Lines

Ficou animado para fazer um cruzeiro temático de dança? Aí vão mais algumas informações para os interessados:

  • Quanto custa fazer um cruzeiro temático?
    Os preços variam a partir de R$ 1.699 (10x de R$ 169,90) por pessoa em cabine interna dupla classic + taxas (portuárias e de serviço)
  • Quem é o público dos temáticos dançantes?
    De acordo com Francisco Ancona, da Costa Cruzeiros, nos cruzeiros dançantes há predominância de público adulto (acima de 30 anos), sobretudo mulheres. Viajam muitos casais, mas também grupos de amigos solteiros.

 

Postagem AnteriorPróxima Postagem
Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de imprensa. Em 2010, lançou o site Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. Trabalhou em publicações segmentadas em Curitiba e São Paulo. Desde 2004, desenvolve trabalho de assessoria de comunicação para profissionais e empresas atuando no planejamento e execução de estratégias de comunicação interna e externa, produção de conteúdo, publicações corporativas e assessoria de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *