Dança dos Famosos, Notícias

Conheça Diego Borges, o profº de Milena Toscano

Era no karatê que Diego Borges imaginava estar sua carreira, mas uma aula de dança de salão na faculdade de Educação Física, em 2001, acabou conquistando o atual professor da atriz Milena Toscano, na 8ª edição do Dança dos Famosos. “Na verdade sempre gostei de dançar e admirava grandes dançarinos como Patrick Swayze, John Travolta e Jorge Borges, meu pai”, brinca o profissional de 27 anos, de Fortaleza-CE. 

Mas demorou um pouco mais para que ele optasse definitivamente pela dança. Nascido em uma família de “karatecas”, Diego praticou o esporte desde os 8 anos, se tornando faixa preta aos 14 e conquistando medalha de bronze no Campeonato Mundial, em 2005. Após esta competição, deu férias ao karatê e entrou para o projeto “Dançar faz bem”, da Universidade Federal do Ceará, grupo que ele já havia integrado por um mês, em 2001. Em 2006, se tornou um dos professores do projeto e seguiu estudando e se aperfeiçoando na dança. O atleta ainda participou e venceu o Campeonato Panamericano, em 2008, onde acabou se lesionando e encerrando de vez a carreira de lutador. 

Iniciava aí uma nova etapa de sua vida, e foi neste período que ele teve o primeiro contato com o West Coast Swing (WCS), estilo de dança norte-americano que começava a aparecer no Brasil. “Me encantei imediatamente. Era um estilo de dança sofisticado e enigmático”, descreve. Ao lado da parceira e namorada, Jessica Pacheco, começou a estudar e divulgar o ritmo em Fortaleza e, hoje, o casal é um dos principais representantes do WCS no país. 

Diego em apresentação com a parceira Jessica Pacheco

Em 2010, ele participou pela primeira vez do Swing Diego, um dos mais importantes campeonatos dos EUA de WCS, garantindo 1º lugar na categoria Novice Pro-Am, 2º na Novice Jack & Jill, e se tornando o primeiro brasileiro a vencer uma competição oficial da modalidade. Em maio deste ano, acompanhado de outros profissionais dedicados ao ritmo, colaborou com três dos 12 títulos conquistados pelos brazucas no evento: 2º lugar no Pro-Am Intermediário, 3º lugar no Jack & Jill Intermediário e, com a parceira Jéssica, a 1ª colocação na Open Strictly Swing. “Foi sem dúvida um dos momentos mais emocionantes e importantes da minha vida”, declara. 

Comemorando a vitória no Swing Diego 2011

Voando para a Dança dos Famosos

Diego ainda comemorava a vitória do campeonato com os amigos, em San Diego, Califórnia, quando recebeu a notícia de que havia sido selecionado para o Dança dos Famosos 2011. 

“Tive que antecipar minha passagem de volta, mas deu tudo certo. Fortaleza está comemorando demais! Isso tudo é muito importante para a dança de nossa cidade que, muitas vezes, é esquecida no cenário nacional e tem muita gente boa”, ressalta. 

 

A parceria com Milena Toscano, segundo ele, está sendo uma grande diversão. As declarações da atriz paulista, no blog do Domingão, deixam claro o clima descontraído e o entrosamento da dupla. “Continuo trabalhando com o fator nervosismo e o Diego aprendeu que a última palavra é sempre dele: Sim, senhora!”, brincou ela. Em outro post ela diz: “O Diego está feliz nessa semana, porque está conseguindo me conduzir e estou mais obediente”. 

O comentário de Milena é facilmente explicado quando Diego fala sobre os ensaios. “Às vezes, ela dá trabalho como aluna, quer fazer tudo muito rápido, e não me escuta, mas isso está melhorando (risos). Ela está se tornando mais paciente e aprendendo que, às vezes, correr não adianta tanto, primeiro a gente tem que saber pra onde está indo”, diz o professor. Mas depois do puxão de orelha na pupila ele complementa: “Ela tem uma energia absurda, e é uma dançarina muito talentosa, aprende com facilidade e tem uma inteligência musical muito rara”. 



Acostumado ao clima de competições desde os tempos do karatê, o atual campeão de West Coast Swing diz não estar muito preocupado com o resultado do quadro: 

“Ganhar ou perder é uma consequência. Gosto de ganhar, mas gosto mais de me divertir! Sei que o programa é uma fase, mas a dança não tem fim, evolui e se renova a cada dia. E ela não seria nada sem seu principal elemento, as pessoas. Elas tornam a dança possível e encantadora, trazendo seu sorriso, sua timidez, vencendo seus medos, conquistando objetivos, descobrindo que podem ser bem mais felizes do que imaginavam, e melhor, podem fazer outras pessoas felizes também. Então o que eu posso dizer? Simplesmente dance!” 

Fotos: Globo.com e arquivo pessoal 

Previous ArticleNext Article
Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de imprensa. Em 2010, lançou o site Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. Trabalhou em publicações segmentadas em Curitiba e São Paulo. Desde 2004, desenvolve trabalho de assessoria de comunicação para profissionais e empresas atuando no planejamento e execução de estratégias de comunicação interna e externa, produção de conteúdo, publicações corporativas e assessoria de imprensa.

0 Comments

  1. Parabéns Diego, se vc já não estiver em São Saruê, certamente está muito perto. rsrrs Acredito que o sentimento de orgulho e felicidade que senti quando te vi no Domingão, é o mesmo que sente todos que te conhecem e sabem da sua dedicação e amor á dança e aos seus alunnos. Paiva – rumo á São Saruê, tb rsrsrs.

  2. oi professor diego borges, eu estudo la no brasileirinho, estudo aproximadamente ums 7 anos e via muito suas danças.. então o senhor estar de parabéms.

  3. Diego Borges é o melhor professor de dança que conheço. Meu namorado e eu saimos daqui de Recife, de carro, 15 horas de ida e 18 horas de volta, para ter aulas particulares de West Coast Swing. Mas essa viagem, realizada no meio do ano de 2009, foi muito melhor do que esperávamos. Tivemos a honra de conhecer uma pessoa que além de excelente profissional, é de um carisma, simplicidade e alegria contagiante. Além de nos ensinar, pacientemente, nos acolheu (juntamente com sua Parceira, de qualidades ímpares também, o Bruninho da Joulie…). Gente, quem tiver a oportunidade de conviver com esse grande ser humano, aproveita! Ele arrasa! Está perfeito neste trabalho com a Milena! Ganhar é um detalhe, pois tenho certeza que essa dupla vai nos emocionar, encantar e divertir muito! Sucesso é ser e fazer feliz! Dançar faz bem e bem feliz!

  4. Orgulho e admiraçao, sentimentos que nos inundaram…estava em BSB qdo meu noivo ligou dando a noticia do novo desafio do nosso querido professor … espero que todos consigam ver a beleza da dança dele, de dançar com ele, nossa, o cara é muito energia positiva…merece toda felicidade e como nao poderia deixar de dizer, Jessica e ele sao a contemplaçao da dança personificada num casal lindo…desculpem, mas admiro demais os dois, e vamos levar o WEST COAST SWING pra todo o Brasil…bjs, sorte e todas as bençaos de Deus pra vcs…Celina e Evaldo

  5. Diego, nós do Ceará temos orgulho de vc, não somente pela dança, mas também pela dedicação, carisma, profissionalismo e um dom incrível de saber ensinar com muita energia e alegria.
    Parabéns pelo belo trabalho!

  6. Jamais esquecerei os momentos de alegria e descontração nas aulas de dança do Prof. Diego. Juntamente com a Jéssica eles fazem uma parceria imbatível. São carinhosos, profissionais e amigos de todos que se aproximam. Acompanho, mesmo de longe, as conquistas desses jovens!!

    Parabéns, Diego!! A Holanda também está com você!!

  7. Conheci o Diego através do West Coast Swing (minha atual paixão!) e seu talento me ancantou! Estou na torcida por ele e Roberta Appratti nessa edição da Dança dos Famosos!
    Vamos lá, Diego…passa a mão no cabelo e arrebenta!
    Sucesso sempre!

  8. Fui aluna do Diego no Projeto Dançar Faz Bem e graças a ele pude descobrir o prazer que a dança traz para o corpo e para a alma. O Diego é um ótimo professor, tem muita didática e carisma. Não tem como não dançar com ele. Confesso que eu dava um trabalhinho pra ele no início, mas com o tempo a dança foi contagiando e hoje faz parte da minha rotina. Ele é, sem dúvida, um excelente profissional, ama o que faz e transmite isso. Boa sorte pra ele que é um orgulho só para todos os alunos.

  9. Olá amigo diego, sou prof.Assis da especialização em dança da Fanor-Fort-ce, esse cara esta sendo um grande representante ´para nós do ceará, não só eu como todos os seus colegas de sala ti desejamos toda sorte do mundo. JESUS siga com seus passos. Abraços a você colega.

  10. Conheço o Diego há aproximadamente 15 anos. E nesse tempo pude perceber grandes qualidades como esforço, dedicação e criatividade.

    Certa vez quando competimos no Campeonato Brasileiro de Karatê em 2003 a medalha não veio, veio o choro, a raiva e a decepção. Mais a vida é muito caprichosa e no ano seguinte quando eu ia a casa dele pra conversar antes do treino, e ele já estava treinando acabava servindo como grande inspiração pra treinar sempre mais, e no Brasileiro de 2004 a grande medalha de OURO veio!

    Sei que mais uma vez você vai conseguir!
    Boa sorte seu cabeção.

    “bons amigos podem fazer tudo ou nada e terem bons momentos juntos” W. S.

  11. Tive o imenso prazer de ser aluna de Diego, e as palavras: Simpatia, talento e humildade resume Diego Borges. Ele é simplesmente incrível. Bastante orgulhosa, Ceará muito bem representado. E hoje Sergipe está na torcida por você.
    Fica com Deus!!!!

  12. Diego Tigrão!!!! E aí! Fica aquela velha pergunta:
    É melhor o Cara ter?Ou o Karatê?
    O PAIS É TROPICAL!
    O CEARÁ É A TERRA DA LUZ!
    E A BELEZA DE FORTALEZA!… ESTÁ NA ARTE DO RISO E DA DANÇA.
    DO HENRIQUE JORGE PARA O FAUSTÃO, É DIEGO BORGES NO DOMINGÃO!!!! Ó LOUCO MEU!!!!

  13. Diego sempre foi um vencedor…já competimos um contra o outro e juntos na mesma equipe…O cara, acima de tudo, é dedicado, leal e muito batalhador.

    Força Charles Bronson do Ceará!!!!

    Abração!

    Caputo

  14. Além de um talento enorme o Diego tem uma característica interessantíssima que é uma humildade incrível.
    Pessoas como ele só tem à brilhar….
    Fortaleza está contigo!!!!!

  15. Sem dúvida Diego é um grande profissional na carreira que abraçou. Ele, juntamente com outros professores do projeto Dançar Faz Bem, iniciou a cultura da dança em vários jovens na cidade. Vê-se a alegria, energia, diversão e entusiasmo quando dança. É aquele que gosta do que faz. Me orgulho em ter sido sua aluna.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *