Notícias, Universo da Dança

Congresso de Salsa completa uma década no Brasil

A dança de salão e em especial os salseros brasileiros têm muito a comemorar em 2010. Este ano, o Congresso de Salsa organizado pela Cia Conexión Caribe, o maior evento do gênero no país, chega a sua 10ª edição, a 8ª internacional. A recompensa de uma década de dedicação a divulgação do ritmo não poderia ser melhor: a conquista do primeiro Campeonato Mundial de Salsa por um casal de brasileiros, os cearenses Rafael Barros e Carine Morais.

“Efetivamente em 10 anos conseguimos gerar um campeão mundial. É lógico que o mérito do treino e da qualidade é deles, mas todo o movimento de salsa no Brasil começou neste evento”, relata à Dança em Pauta Douglas Mohmari, diretor do evento e um de seus idealizadores.

Douglas conta que, há três anos, o Brasil vive a expectativa deste título, uma vez que neste período contou com a maior quantidade de competidores nas semifinais e finais. Ele ressalta que a vitória em um campeonato como este, que conta com os melhores dançarinos do mundo, não é sorte, mas fruto de uma caminhada de muito esforço e dedicação: “Eles treinaram muito, levaram a sério. Tinham muito foco, tanto que ficaram 15 dias em Porto Rico só pensando no campeonato, sem ir a praia, ter aula, fazer show ou sair pra dançar”.

Semana da Cultura Latina

Além de criar o ambiente propício para o aprimoramento dos profissionais, que gerou campeões mundiais, o sucesso do evento criado e organizado por Douglas e seu parceiro, Ricardo Garcia, acabou incentivando eventos de outros ritmos e atividades culturais. Esta realidade os levou a instituir, este ano, a Semana da Cultura Latina, que acontecerá de 27/10 a 02/11, em São Paulo. Nela, além do 8º Congresso Internacional de Salsa, serão realizados o 4° Congresso de Tango do Brasil, 4º Congresso de Zouk, Congresso de Samba, Congresso de Dança Esportiva, Congresso de Hip-Hop e Congresso de Danças Brasileiras.

As atividades paralelas aos congressos incluem campeonatos, palestras, debates, shows, bailes, exposições e feira gastronômica, entre outros, sempre procurando levar aos participantes mais conhecimento sobre a cultura latina.

Mas a programação da semana não para por aí. “As pessoas confiam e sabem que nos superamos a cada ano, sempre inventando coisas novas”, afirma Douglas. Entre as novidades deste ano ele anuncia o Baile 12h, realizado no último dia do evento do meio dia à meia noite; a Virada Latina, atividades ininterruptas 24h por dia, durante todo o congresso; a Rueda Gigante, a maior roda de cassino já realizada no Brasil; e o Ponto Cultura Livre, espaço reservado para a livre troca de informações entre os congressistas. “Não é só ver o passo, fazer a aula, tem muito mais. Esta troca cultural é o mais importante”, lembra Douglas.

Este ano, a organização do evento espera cerca de 1400 pessoas participando das aulas e 4 mil pessoas por noite nos bailes.

Você vai ficar de fora dessa?

Informações: www.semanadaculturalatina.com.br

Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *