Cursos/Oficinas, Notícias

Bailarina promove consciência corporal na dança com oficinas gratuitas e lançamento de livro

Com mais de 30 anos de experiência na área artística, a bailarina, professora de dança e terapeuta corporal Cláudia Maiole, Coordenadora do Núcleo de Pesquisa e Desenvolvimento em Linguagem Corporal do Instituto de Pesquisa da Arte pelo Movimento – IMPAR, está realizando uma intensa programação da oficina “Ouvindo o corpo dançante” nestes meses de maio, junho e julho, em 10 diferentes instituições, grupos e escolas de dança Joinville.

Duas oficinas dessa agenda serão realizadas na Casa da Cultura Fausto Rocha Jr, agora em junho, e estão com as inscrições abertas: no dia 18, sábado, exclusiva para bailarinos de grupos integrantes da ANACÃ Joinville – Associação de Grupos de Dança ou participantes da Mostra Dança Joinville, e a outra turma, no dia 25, sábado, aberta para estudantes ou profissionais de dança de qualquer grupo ou escola da região.

Todas as dez oficinas são gratuitas e integram a ação de contrapartida social do projeto de residência artística “Manifestação da Linguagem Corporal na Dança”, contemplado pelo Mecenato do Sistema Municipal de Desenvolvimento pela Cultural – SIMDEC, da Fundação Cultural de Joinville.

Até o momento já participam da atividade profissionais que atuam na rede de Educação Infantil da Secretaria Municipal de Educação, participantes do Curso Técnico em Dança AZ Arte, bailarinos do Grupo Fernando Lima e da AMA Cia. de Dança, estudantes e bailarinos da Escola do Teatro Bolshoi no Brasil, professores do Estúdio de Dança Dois pra Lá, Dois pra Cá e do Programa Dança na Escola da Secretaria Municipal de Educação. Em julho, além da segunda etapa da oficina para alunos da AZ Arte, também será promovida a oficina para os bailarinos do Grupo Maniacs Crew, concluindo a agenda.

Paralelo as aulas, Cláudia também está lançando nos formatos impresso e digital o livreto “O corpo que flui… e dança”, uma narrativa de sua trajetória de parceria, com a professora e pesquisadora brasileira, Maristela Lemos, criadora do método Éveil du Corps, que reside e trabalha em Paris há mais de 20 anos. “A percepção que me marcou neste processo foi a sensação de flutuar… mas flutuar com pés e corpo conectados ao chão, firmes e apoiados, numa perfeita ligação entre verticalidade, tonicidade e leveza”, explica Cláudia.


O que: oficina “Ouvindo o corpo dançante”
Onde: Casa da Cultura Fausto Rocha Jr. | Joinville-SC
Quanto: gratuito
Informações/inscrições: claudiamaiole@impar.art.br | (47) 9901-1386
Programação:

  • 18 de junho, das 8h às 18h
    Público: integrantes da ANACÃ Joinville – Associação dos Grupos de Dança e participantes da Mostra Dança Joinville
  • 25 de junho, das 8h às 18h
    Público: estudantes ou profissionais de dança de qualquer grupo ou escola da região.
Previous ArticleNext Article

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *