Espetáculos/Shows, Notícias

A Dança na programação do Mia Cara, festival que celebra a cultura italiana

De 29/05 a 09/06, acontece a 9ª edição do festival Mia Cara nas cidades de Curitiba, Florianópolis e Joinville. Com uma programação cultural totalmente gratuita, o evento contempla música clássica, canto lírico, música antiga, cinema, artes visuais, gastronomia típica e, claro, dança!

A realização é da Embaixada da Itália no Brasil, do Consulado Geral da Itália em Curitiba, com produção de Lucia Casillo Malucelli, do Solar do Rosário, espaço particular de arte e cultura em Curitiba.

Confira as atrações de dança do festival:

ESCOLA DO TEATRO BOLSHOI

A Escola do Teatro Bolshoi no Brasil e a Companhia Jovem da escola fazem uma apresentação especial dentro da programação do Mia Cara 2019. No dia 30/05, às 20h, sobem ao palco do Teatro Guaíra com o espetáculo “Gala Bolshoi”, que reúne 35 bailarinos para um repertório misto, de clássicos e contemporâneos. O evento tem entrada gratuita.

A apresentação reúne um repertório vasto do balé. Trechos de peças tradicionais como “Don Quixote”, “O Quebra-Nozes” e “O Lago dos Cisnes” fazem parte do espetáculo. Danças folclóricas são representadas em coreografias como “Gopak” e “Pereplyas”. O balé contemporâneo “Kaori”, criado por William Almeida”, é encenado no segundo ato. O trabalho é baseado nas lembranças de infância do coreógrafo. “Gala Bolshoi” é pensado de maneira a mostrar os maiores talentos de cada bailarino, de precisão e agilidade a movimentações fortes e marcantes.


O que: espetáculo “Gala Bolshoi”
Quando: 30/05, às 20h
Onde: Teatro Guaíra
Rua XV de Novembro, 971 Centro | Curitiba-PR
Quanto: gratuito (ingressos podem ser retirados no teatro 2h antes)

LA ROSSIGNOL – GRUPO DE CANTO E DANÇA

Um dos maiores gênios da humanidade, Leonardo Da Vinci é homenageado no Mia Cara 2019. O grupo de dança e música antiga La Rossignol apresenta “No Tempo de Leonardo” (Leonardo e il suo tempo), em duas cidades. Dia 31/05, às 20h, na Sociedade Harmonia Lyra, em Joinville. Dia 01/06, às 20h, no Auditório Poty Lazzaroto no Museu Oscar Niemeyer, em Curitiba. As apresentações terão entrada gratuita.

O grupo, especializado na música e dança medieval, é uma associação entre artistas e pesquisadores destas artes, fundado em 1987 em Cremona, na Itália. Ao longo desse tempo, criou um repertório original com fundamento histórico. Levaram seus espetáculos para países como Japão, Bulgária, Cazaquistão, Paraguai, Turquia e Índia, entre muitos outros. Gravaram ainda doze discos a partir de suas pesquisas, celebrando marcos centenários da cultura italiana desde tempos medievais.

No espetáculo “No tempo de Leonardo”, abordam a figura de Leonardo Da Vinci de forma profunda. O celebrado artista e cientista viveu em um período histórico do surgimento de grandes peças e de um renascimento musical na Europa, a partir da segunda metade do século XV. Este trabalho parte de uma pesquisa minuciosa de reconstrução de costumes, instrumentos, coreografias e músicas, fazendo uma jornada pela corte na qual Da Vinci viveu.


O que: espetáculo “Leonardo e il suo tempo”
Programação:

  • 31/05, 20h
    Sociedade Harmonia Lyra
    Rua XV de Novembro, 485 Centro | Joinville–SC
    Gratuito
  • 01/06, 20h
    Auditório Poty Lazzarotto – Museu Oscar Niemeyer
    Rua Marechal Hermes, 999 Centro Cívico | Curitiba–PR
    Gratuito

GRUPOS DE DANÇA FOLCLÓRICA

Movimentos e alegria das danças folclóricas italianas tomam conta do Memorial de Curitiba no dia 09/06, às 12h. Grupos de várias partes da cidade e do estado participam de uma apresentação especial, parte da programação do Mia Cara. Cinco grupos sobem ao palco do espaço: Anima Dantis, Ítalo-Brasileiro, Giardino D’Amuri, Piccola Itália e Primo Amore.

Mais antigo grupo a se apresentar, o Anima Dantis foi criado em 1963 pesquisando continuamente a arte folclórica italiana. A preservação histórica da dança e música popular daquele país é fundamental ao trabalho do grupo.

Representando o bairro mais italiano de Curitiba, Santa Felicidade, estarão dois grupos. O Ítalo-Brasileiro se apresentou pela primeira vez em 1986 e, hoje, conta com mais de 100 integrantes, do corpo de dança infantil e adulto até a diretoria e colaboradores. Já o Giardino D’Amuri nasceu em 2000 e se destaca pelo cuidado com a reprodução dos trajes, além de um repertório que passeia por várias regiões da Itália.

O Grupo Folclórico Piccola Itália foi fundado em 1991, em Campo Largo. Buscando manter viva a tradição de seus antepassados, os integrantes apresentam danças de todas as regiões da Itália, destacando trajes típicos e canções clássicas.

Por fim, unindo a comunidade italiana do município de Piraquara está o Primo Amore, criado em 2000. O grupo já se apresentou em diversos eventos em Curitiba e na região metropolitana.


O que: apresentação de grupos de Dança Folclórica Italiana
Quando: 09/06, 12h
Onde: Memorial de Curitiba
Rua Dr. Claudino dos Santos, 79 São Francisco | Curitiba-PR
Quanto: gratuito

Previous ArticleNext Article
Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de imprensa. Em 2010, lançou o site Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. Trabalhou em publicações segmentadas em Curitiba e São Paulo. Desde 2004, desenvolve trabalho de assessoria de comunicação para profissionais e empresas atuando no planejamento e execução de estratégias de comunicação interna e externa, produção de conteúdo, publicações corporativas e assessoria de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *