A dança no cinema, Ler, Ver e Ouvir

“A Bailarina”: animação mostra dificuldades e alegrias em busca do sonho e tem Claudia Mota como embaixadora

aba_filme-a-bailarina

Um filme que traz a doçura e a leveza do balé, sem deixar de ressaltar a disciplina e entrega que a profissão exige, assim podemos descrever a animação “A Bailarina”, que terá pré-estreias pagas a partir desta quinta (19/01), e estreia nacional agendada para 26 de janeiro. As pequenas bailarinas vão adorar (e as grandes também).

Ambientada na Paris do século XIX, a animação narra a história de Felicie, uma menina órfã que vive no interior da França, e almeja realizar o sonho de ser uma grande bailarina. Para conseguir o que quer, a jovem toma uma atitude arriscada: foge para Paris e se passa por outra pessoa para conquistar uma vaga no Grand Opera, onde vai aprontar muitas aventuras.

Para impulsionar a divulgação do desenho no Brasil, a Paris Filmes convidou Claudia Mota, primeira bailarina do Teatro Municipal do Rio de Janeiro há dez anos, para ser a embaixadora oficial do filme. Além de recepcionar imprensa e artistas convidados em exibições exclusivas no Rio de Janeiro e em São Paulo, como parte das ações de divulgação do filme, Claudia realizou no último sábado (14/01), uma apresentação de ballet clássico para 150 crianças que moram na região da Cracolândia e Comunidade do Moinho, atendidas pelo projeto “Novos Sonhos”, que fica localizado no Centro de São Paulo. Durante a visita a instituição, ela também ministrou uma aula de ballet, para um grupo de 15 alunos do projeto.

Claudia Mota, em pré-estreia do filme para imprensa e convidados.
A primeira bailarina do Theatro Municipal do RJ, Claudia Mota, em pré-estreia do filme para imprensa e convidados. | Foto: divulgação

“É um privilégio fazer parte deste lançamento que traz à tona as dificuldades e as alegrias de perseguir um sonho, que exige tanto amor e disciplina. Felicie é uma personagem com a qual me identifico e, sem dúvida, inúmeros profissionais também se identificarão. Além da qualidade da produção, a mensagem universal de luta, disciplina e perseverança conquistará um público abrangente”, comenta Claudia.

CURIOSIDADE: Na versão brasileira, a atriz mirim Mel Maia dá voz à protagonista Felicie. Já na versão em inglês, a atriz Elle Fanning dubla Felicie, enquanto a dançarina Maddie Ziegler, famosa por suas performances nos videoclipes da cantora Sia, dubla sua rival, Camille.

Postagem AnteriorPróxima Postagem
Jornalista formada pela Universidade Tuiuti do Paraná, atuando na área desde 1997 como repórter, redatora e assessora de imprensa. Em 2010, lançou o site Dança em Pauta com a proposta de empregar seu conhecimento em comunicação para divulgar a dança. Trabalhou em publicações segmentadas em Curitiba e São Paulo. Desde 2004, desenvolve trabalho de assessoria de comunicação para profissionais e empresas atuando no planejamento e execução de estratégias de comunicação interna e externa, produção de conteúdo, publicações corporativas e assessoria de imprensa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *